Historiadora lança livro durante os eventos!

1/8/2014

 

“Arqueologia da escravidão numa vila litorânea: vestígios negros em São Francisco do Sul” inova ao propor um enfoque arqueológico ao tema.

 

O livro Arqueologia da escravidão numa vila litorânea: vestígios negros em São Francisco do Sul, de Fernanda Borba, foi produzido com base em sua pesquisa de mestrado em Patrimônio Cultural e Sociedade da Universidade da Região de Joinville (Univille) e patrocinado pelo Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (Simdec) da Fundação Cultural de Joinville (edição de 2013). Usando a arqueologia e a história como linha de investigação, o estudo parte do entendimento que os artefatos são reflexos das práticas culturais e relações sociais humanas, oferecendo uma possibilidade de abordagem mais ampla do passado à medida que se volta para os vestígios de todos os segmentos da sociedade. Nesse sentido, a obra propõe um olhar sobre a escravidão em São Francisco do Sul focado nos espaços de trabalho, nas moradias e nos objetos relacionados aos escravos a partir de vestígios materiais presentes em antigas fazendas dos séculos passados. Na busca pela compreensão das escravarias e das práticas de escravos, a pesquisa aliou os fragmentos de artefatos de cerâmica, principalmente cachimbos obtidos em escavações e acervos de instituições catarinenses, a antigas fotografias, mapas e documentos escritos, como inventários, registros eclesiásticos e censos provinciais, e informações de antigos moradores para esboçar e identificar as caraterísticas dos negros como mão de obra, suas relações familiares, seus espaços, suas residências, seu entorno e seus objetos de uso cotidiano.

 

MSc. Fernanda Borba

Mail to: fernanda.soet@gmail.com

 

O livro poderá ser adquirido no dia do lançamento com a autora, pelo valor de R$ 30,00.

Please reload

Destaques

Encontro da Rede de Cooperação em Corupá

10/02/2017

1/8
Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo